Apresentação

Dicionário Digital do Insólito Ficcional – e-DDIF, obra viva, dinâmica, sempre ampliada, alterada, corrigida, atualizada, versando sobre os domínios intra e extraficcionais relativos à ficção do insólito, produzido, em redes nacional e internacional de pesquisa, por estudiosos da área.

REIS, Carlos; ROAS, David; FURTADO, Filipe; GARCÍA, Flavio; FRANÇA, Júlio (Editores). Dicionário Digital do Insólito Ficcional (e-DDIF). Rio de Janeiro: Dialogarts. ISBN 978-85-8199-136-8.

Exemplos de como indicar fonte consultada:

FRANÇA, Júlio. “Medo”. In: REIS, Carlos; ROAS, David; FURTADO, Filipe; GARCÍA, Flavio; FRANÇA, Júlio (Editores). Dicionário Digital do Insólito Ficcional (e-DDIF). Rio de Janeiro: Dialogarts. <http://www.insolitoficcional.uerj.br/m/medo/>, acessado em dia/mês/ano.

GARCÍA, Flavio. “Insólito ficcional”. In: REIS, Carlos; ROAS, David; FURTADO, Filipe; GARCÍA, Flavio; FRANÇA, Júlio (Editores). Dicionário Digital do Insólito Ficcional (e-DDIF). Rio de Janeiro: Dialogarts. <http://www.insolitoficcional.uerj.br/i/insolito-ficcional/>, acessado em dia/mês/ano.

Criação, Supervisão e Suporte Técnico:

Ricardo Jorge (DINFO)